Problemas Mais Comuns de Canalização

17 maio 2023 15:09


Os problemas mais comuns de canalização e como preveni-los?

Um guia para proteger a sua casa

O sistema de canalização da sua casa é um componente vital que assegura o funcionamento correto do abastecimento de água, drenagem e saneamento.

No entanto, como qualquer sistema, a canalização é propensa a vários problemas que podem perturbar a sua rotina diária e causar inconvenientes e reparações dispendiosas.

Nesta publicação do nosso blogue de canalizadores na hora em Lisboa e Margem Sul, vamos explorar alguns dos problemas de canalização mais comuns que os proprietários enfrentam e fornecer dicas valiosas sobre como evitá-los, poupando-lhe tempo, dinheiro e frustração a longo prazo.

Torneiras a pingar:

Uma torneira a pingar não só desperdiça água como também pode aumentar a sua fatura da água.

É frequentemente causada por anilhas gastas ou vedantes defeituosas.

Prevenção:

Verifique e troque regularmente as anilhas e os vedantes usados. Não aperte demasiado as torneiras, pois isso pode causar danos.

Canos de esgoto entupidos:

Os ralos entupidos podem ocorrer em lavatórios, chuveiros ou banheiras devido à acumulação de cabelo, espuma de sabão, partículas de alimentos ou objetos estranhos.

Prevenção:

Utilize tampas de esgoto ou filtros para apanhar detritos, evite deitar gordura ou óleo nos esgotos e lave periodicamente os esgotos com água quente ou uma mistura de vinagre e bicarbonato de sódio para evitar a acumulação.

Sanitas a funcionar:

Um autoclismo que perde água pode desperdiçar uma grande quantidade de água e aumentar a sua conta de água.

É frequentemente causada por uma válvula de descarga avariada ou por uma válvula de enchimento com mau funcionamento.

Prevenção:

Inspecione regularmente os componentes do depósito da sanita e substitua imediatamente quaisquer peças gastas.

Ajuste a válvula de enchimento para garantir que o nível da água está abaixo do tubo de descarga.

Fugas nos canos:

Os canos com fugas podem resultar de corrosão, pressão elevada da água, deslocação das fundações ou ligações defeituosas.

Podem causar danos elétricos, crescimento de bolor e problemas estruturais.

Prevenção:

Isolar os canos expostos, monitorizar a pressão da água, reparar imediatamente as fugas e agendar inspeções de rotina à canalização para detectar e resolver potenciais problemas.

Problemas com o esquentador:

Os problemas comuns do esquentador incluem água quente inadequada, ruídos estranhos ou fugas.

Estes problemas podem ser causados por acumulação de sedimentos, um termóstato defeituoso ou um elemento de aquecimento danificado.

Prevenção:

Lave regularmente o esquentador para remover sedimentos, ajuste o termóstato para a temperatura adequada e programe uma manutenção profissional para garantir um desempenho ótimo.

Baixa pressão da água:

A baixa pressão da água pode afetar as suas atividades diárias, como tomar banho ou lavar a loiça.

Pode ser causada por depósitos minerais nas tubagens, fugas ou problemas de abastecimento municipal.

Prevenção:

Limpe regularmente os arejadores e as cabeças de chuveiro, resolva imediatamente quaisquer fugas e contacte o seu fornecedor de água se suspeitar de um problema de abastecimento municipal.

Entupimentos na linha de esgoto:

As retenções na linha de esgoto podem provocar maus cheiros, drenagens lentas ou mesmo retenções de esgoto na sua casa.

Podem ser causadas por intrusão de raízes de árvores, entupimentos ou canos danificados.

Prevenção:

Evite deitar na sanita objetos não laváveis, como toalhetes ou produtos sanitários.

Se tiver árvores perto dos canos de esgoto, considere a possibilidade de efetuar inspeções regulares e instalar barreiras de raízes.

Canos congelados:

Embora seja uma ocorrência rara em Portugal, os canos congelados podem se romper e causar danos significativos causados pela água quando as temperaturas caem abaixo de zero.

Ocorrem normalmente em áreas não isoladas, como espaços de rastejamento ou paredes exteriores.

Prevenção:

Isolar os canos expostos, especialmente em áreas vulneráveis, e deixar as torneiras pingar durante períodos de frio extremo para evitar o congelamento.

Compreender os problemas comuns de canalização e tomar medidas preventivas pode poupar-lhe as dores de cabeça e as despesas associadas aos problemas de canalização. 

Reparações na hora por nossos canalizadores

A manutenção regular, as reparações imediatas e a adoção de boas práticas, como a eliminação adequada de resíduos e a gestão da temperatura, podem reduzir significativamente a probabilidade de se deparar com estes problemas.

A prioridade às medidas preventivas garante a longevidade e eficiência do sistema de canalização da sua casa, permitindo desfrutar de um ambiente sem problemas por muitos anos.